sexta-feira, 24 de julho de 2015

Ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais rápido.
— Martha Medeiros
Desaprender para aprender. Deletar para escrever em cima. Houve um tempo em que eu pensava que, para isso, seria preciso nascer de novo, mas hoje sei que dá pra renascer várias vezes nesta mesma vida. Basta desaprender o receio de mudar.
— Martha Medeiros
Tudo é uma questão de humor e de atitude: mude. Deixe de colocar sua felicidade na mão dos outros.
— Martha Medeiros

Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente. Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir.
— Martha Medeiros


Eu oro para que Deus me conceda a graça de ter ombros fortes, onde eu possa carregar a minha cruz sem questionar.
— Denize de Melo
Pra quem tem fé, dor não é bloqueio para felicidade.
— Laíza M

A gente aprende pouco a pouco a cada dia, através de alegrias, experiências, sofrimentos, pequenos percalços. É claro que seria muito melhor aprender através de sorrisos, mas as lágrimas nos mostram o que é preciso deixar para trás. Para sempre.
— Clarissa Corrêa
Não julgue uma escolha, um comportamento, uma atitude, um medo, uma falha. Você não está na pele do outro para saber toda a bagagem pesada que ele carrega nos ombros e na mente.
— Clarissa Corrêa

quinta-feira, 23 de julho de 2015


10774
reblog 

Quando menos esperamos, a vida nos coloca um desafio para testar nossa coragem e vontade de mudar. Neste momento, não há por que fingir que nada aconteceu ou dizer que ainda não está pronto. O desafio não vai esperar. A vida não olha para trás. Uma semana é tempo suficiente para que possamos decidir se devemos aceitar ou não o nosso destino.
— Paulo Coelho





Mas querendo ou não as vezes a gente volta a acreditar no felizes para sempre.
— MEU NOME É SAUDADE
Ela mora na zona norte, e eu na sul. Eu gosto de comédia e ela de terror. Nós brigamos facilmente, mas isso já é normal. Ela curte The Script e eu prefiro One Republic. O número da sorte dela é 28, o meu é 82. Ela é rosa, e eu azul. Mas apesar das indiferenças, você sabe que isso tudo tem nome, né?
— DIÁRIO DE UM BÊBADO.